Gestão de Ativos

Gestão Eficaz de Ativos ISO 55.000

Gestão Eficaz
de Ativos ISO 55.000

O que é gestão de ativos? Segundo o PAS-55-1 (Publicly Available Specification), que é uma especificação disponível publicamente conduzida pelo Instituto de Gestão de Ativos – IAM em colaboração com a Instituição Britânica de Normas (BSI) e com o auxílio e cooperação de organização e profissionais da área: São práticas e atividades sistemáticas e coordenadas por meio das quais uma organização gerencia, de forma ótima e sustentável, seus ativos e sistema de ativos, os desempenhos associados a eles, os riscos e os custos ao longo dos seus ciclos de vida com o propósito de atingir o seu planejamento estratégico organizacional.
 
A versão brasileira de normas para a gestão de ativos é o conjunto de normas ABNT NBR ISO 55.000/55.001 e 55.002.
 
O conjunto de normas ISO 55.000 fornecem uma visão geral da gestão de ativos, seus princípios e terminologia, e os benefícios esperados com a adoção da gestão de ativos, permitindo que sejam aplicadas a todos os tipos de ativos e por organizações de todos os tipos e tamanhos.


 
Finalidade:
Gerenciamento do ciclo de vida de um ativo (máquinas e equipamentos utilizados nos processos produtivos; equipamentos de TI e qualquer outro ativo relevante à empresa ou seu processo), desde sua aquisição até o seu descarte.
 
Benefícios:
• Melhoria no desempenho de segurança, saúde e meio ambiente
• Otimização do crescimento e/ou retorno dos investimentos
• Planejamento a longo prazo, sustentabilidade do desempenho e confiança
• Habilidade para demonstrar a melhor opção de compra dentro de um regime restrito de verbas
• Gestão melhorada de riscos e governança corporativa e uma auditoria clara para a adequação na tomada de decisão e seus riscos associados
• Estes preceitos servem como auxilio para a avaliação da vida útil econômica dos bens, assim como estimativas de cenários de políticas de substituição. Todos os dados após analisados são enviados para o cliente para conhecimento e confirmação
• Melhora da performance corporativa
• Rastreabilidade dos ativos e integração com demais sistemas como gestão via RFID
• Otimização do uso dos ativos em todo seu ciclo de vida;
• Redução dos custos em reparos e aumento de produtividade;
• Mais perfeito gerenciamento de risco;
• Aperfeiçoamento do planejamento de paradas e ações;
• Segurança e conformidade com as regulamentações.
 
Recomendado para:
• Empresas que possuem bens de elevado valor agregado;
• Empresas que desejam ter controle dos gastos com manutenção e estabelecer processos eficazes na gestão de ativos;
• Empresas que buscam a certificação no conjunto de normas ISO 55.000, como forma de demonstrar sua sustentabilidade;
• Empresas que buscam atender exigências de órgãos, agências, instituições regulamentadoras, entre outros.
 
Processo de Gestão de Ativos
O processo de Gestão de Ativos demonstra a relação entre os elementos-chaves de um sistema de gestão de ativos e as seções relacionadas. Cada seção necessita de entradas para o seu desenvolvimento e fornece saídas para o desenvolvimento das seções seguintes. Para o desenvolvimento de cada seção podem ser utilizadas técnicas e ferramentas específicas para auxiliar na obtenção das saídas. Ao final de cada ciclo, reinicia-se um novo com o propósito de melhorar continuamente.
 

Fale com os especialistas

Clique aqui!



Eles comprovam

Mais do que clientes, parceiros